Não era pra ser ele

9:47 AM



       Ele era novato. Não tinha convivido com aquela selva que era a nossa sala de aula, a sala onde eu e ela passávamos praticamente nossa manhã inteira, infelizmente. Nem a gente estava acostumada com as coisas que aconteciam nela, ainda ficávamos surpresas, ele então... Mas pra ele tudo era engraçado.
Ele chegou quieto, recuado, parecia ser aquele cara que mudaria os meninos antigos, aquele cara maduro. Talvez, ele fosse o novo exemplo. Talvez.
Mas depois de um tempo ele foi mostrando que não queria nada, nada de faculdade, nada de estudos... Poker. Tudo se resumia a isso. Frequentava a escola mais cara, mas não queria estar nela. Eu suspeitei. Não julguei. Tentei não julgar.
Ela? Ela encantou, ele era diferente, ficou impressionada. Eu entendo, já tive esses fascínios. E lá foi ela, foi fazer amizade. Foi. Fez.
E tudo aconteceu mais rápido que o metrô.
Sim, ela se apaixonou... Eu sabia. Sabia que isso ia acontecer. Também sabia  que não ia prestar.
Não prestou.
Ele ficou com outro alguém, alguém que não era ela. Contou o ocorrido como se não fosse nada, não percebeu a feição triste que ela aparentava.
Machucou ela, talvez tenha até quebrado ela... Ele não vê o que fez, mas eu vejo.
Nós vemos as lágrimas silenciosas que caem dos seus olhos, o jeito que ela passou a falar. Ele fez o que eu mais temia, fez com que ela não se achasse capaz e eu realmente o odeio por ter feito isso com ela. Com a minha amiga. Ele tirou a capacidade dela de acreditar nela mesma, na sua beleza. Exterior e interior. Ele, não é o amor da vida dela, não é o futuro dela. Não será o presente. Não era pra ser ele, não vai ser ele.

You Might Also Like

4 comentários