Porque ele se transformou em alguém tão... Legal?

8:59 PM



      Eu queria que ele fosse o pior cara do mundo. O Maurício sempre foi esse cara comigo, aquele que nunca gostou de mim, que sempre depreciou a minha aparência, fez de mim o seu saco de pancadas preferido. Eu não conheço outra versão do Maurício. Na verdade, eu já conheci. Naquela bendita festa surpresa que eu resolvi acompanhar a ex dele. Ahhh, naquela festa eu conheci um Maurício legal, muito legal. Só que ele simplesmente mudou. Suspeito que ele seja tripolar, só pode. Mudou. Não só de jeito como também de escola e de rua. Livre! Aí Deus, eu estava livre do Maurício!

Me enganei.

Bonito.

Ele voltou. Oh céus, Deus todo poderoso, porque mandaste essa criatura novamente para a vida desta reles mortal?

E voltou pior. Voltou pior que qualquer outro ser terrível que eu tivesse conhecido. E olha que não conheci muitos. Voltou e tudo o que eu fazia era motivo pra riso.
"Professor porque isso funciona assim?"
E ria. Eu realmente queria que ele morresse engasgado com aquele riso.

E os dias foram se passando com o
Maurício rindo. Se divertindo as beças comigo. Eu não me divertia nada com isso.
Chorava, afinal, o que mais eu poderia fazer? Matá-lo?

E enfim, no mês de dezembro, na recuperação, ele mudou. Tripolar. Ficou tão legal, tão educado.
No começo desse ano, ele continuou o mesmo do ano passado. Parou de ser tripolar.

Ficou legal, porém, se afastou. Do que adianta se afastar? Porque ficou tão legal? Do nada?!
Ele só me trata bem quando está longe dos amigos. Eles passaram a me tratar bem também. Não tem como odia-los na intensidade que eu costumava fazer.
Mas eu bem que queria.

Queria odiar o Maurício. Mas não pelas coisas passados. Queria odiar ele pela pessoa legal que ele se tornou. Que ele se torna quando está sozinho comigo. Sozinho. Nós quase nunca ficamos assim.

Aí aí Maurício, porque você tinha que ser tão... Legal?


You Might Also Like

0 comentários