As desculpas não ditas

12:57 PM


 Oi, posso falar com você? Talvez por cinco minutos, ou menos. Só me escuta.
Eu sei que eu estraguei tudo. A culpa foi dela, mas eu estraguei mais ainda com esse meu jeito.
Será que estava escrito que isso devia acontecer? Era para sermos amigos ou talvez duas pessoas que conversam entre si, sem vínculos e não como duas pessoas que fingem não se conhecer. É fácil colocar a culpa em um só, quando somos coagidos a fazer isso, fácil até demais.
Nós fizemos isso, não adianta voltar no tempo.

 Desculpe.
Pelo jeito, pelas palavras ditas e não ditas. Pela frieza, pelas feições desajeitadas.
Eu costumo ser assim quando estou brava ou frustrada. Tenho vergonha também. O contato "olho no olho" me assusta, me intimida. Por isso eu fujo pro papel.

 E dessa vez, eu torço para que depois do papel, eu pronuncie essas palavras em voz alta. Pronuncie o que vem do meu, confuso, agressivo, porém sincero, coração.

You Might Also Like

0 comentários