Viver com acne

10:38 PM

A acne na minha vida chegou bem cedo, com uns 11,12 anos, bem na época que eu fiquei menstruada. No começo eu sempre desobedecia os médicos e estourava, porque constantemente eu via meus parentes, sim, meus parentes, estourando cravos e espinhas do rosto dos meus primos (de todos). "É feio ter isso no rosto". Totalmente errado. Sem contar que eu passava aquela base pra adolescente da avon, que era puro óleo, todo dia! Era deprimente.


 Quando eu finalmente encontrei uma profissional para me ajudar, a consulta era R$100,00 e aumentou pra R$200,00, por isso eu acabei trocando mas com essa primeira, as espinhas e cravos sumiram. 

No segundo ano (ano passado), meu rosto voltou a encher de acne. Talvez por conta do estresse. O que salva é o ácido que eu passava toda noite, mas tive que alternar com um creme, porque minha pele se encontra num estado bipolar.

É horrível porque apesar das ordens 1) não estourar, nem cutucar nada e 2) evitar maquiagem, às vezes é inevitável. 
Olhar pro espelho e ver seu rosto coberto de manchas e acne, que aparecem do nada, enquanto suas colegas esbanjam peles lindas, sem nada, que parecem pele de bebê, aumenta minha insegurança de um jeito que eu nunca pensei que fosse possível. 

Eu me sinto muito feia, sinto que desse jeito nenhum menino vai me notar, que vão comentar, porque as pessoas são cruéis e maldosas. Apesar de sempre tentar mudar isso, repetindo todos os dias que é "apenas uma fase", me frustra  saber que, além de ser uma adolescente bem comum, normal, eu sou uma adolescente com um rosto manchado, insegura, que tem que passar base pra ir num evento simples ou para a padaria. Realmente, eu me sinto cansada de me sentir assim, feia. Porque é fácil dizer para ignorar, mas é extremamente difícil e doloroso viver com isso. 


Anita. 

You Might Also Like

1 comentários

  1. Ani, vou falar sério pra você, eu sou feia, tenho o rosto marcado de cravos e espinhas sim e nao me escondo através de maquiagem pelo simples fato que nao vale a pena, nao vale se econder de você ou tentar mostrar uma aparência pra sociedade e uma sociedade de que? de merda, que nao ta nem ai pra vc, so quer te criticar, nao vale a pena você tentar ser bonito pra algo feio, pra pessoas que so querem te ver para baixo ou que so querem te julgar. Fazendo isso, você so se submete a ser "mais uma", parte disso, se enquadrando nesses padrões de beleza absurdos e que, alias, sao padrões para quem? cada um é cada um, cada um faz o que se sente melhor, se sente bem, se sente confortavel, sem essa insegurança ou intimidação que "nenhum menino vai me querer" ou "olha as minhas amigas e olha eu" então SE ACEITA SIM, VOCÊ É LINDA E NAO PRECISA DISSO 💜💜

    ResponderExcluir