A Herdeira - Kiera Cass

9:26 PM

Oi pessoal!

Faz tempo que eu não escrevo sobre os livros que eu li recentemente, talvez até porque eu não tenha lido muitos livros. Agora começa a época de vestibulares e antes de ler ou reler os livros obrigatórios (que geralmente são muito difíceis), eu gosto de focar nos livros que eu ganhei, que tem uma leitura mais leve.

No natal do ano passado eu compartilhei aqui no blog os meus presentes e um deles era o quarto livro da saga "A Seleção". Particularmente, no começo eu achei bem desnecessário a continuação quando anunciaram, porque o final de "A escolha" tinha sido perfeito e maravilhoso, aquele era o final para mim.


A empatia começou quando anunciaram a capa, que se comparada as outras, é bem mal feita. Prometi que não ia comprar o livro, mas ganhei e decidi ler. Já tinham visto outras meninas comentando como a Eadlyn (devo acrescentar que não entendi de onde surgiu esse nome) era mimada e o lance das tiaras. No começo eu não suportava as atitudes dela e senti que a autora tentou recriar uma America e não a junção dessa com o Maxon, mas entendi o sentimento de posse com as benditas tiaras.


Ao longo do livro eu comecei a entender mais a Eadlyn, até a gostar dela. Porque, afinal, parte dos dramas dela são coisas que talvez nós nunca possamos entender, a não ser pela indecisão entre os meninos e o fato dela sempre se fechar para quem quiser conhece-la melhor. Eu sou totalmente o oposto, mas deu pra captar os sentimentos dela naquele momento. Raiva, insegurança, especialmente perto da Camille e aquele autoconfiança totalmente falsa. E essa autoconfiança é algo que maioria de nós meninas temos, justamente para não demonstrarmos o sentimento de falha ou terror perante algo.


A relação dela com o irmão gêmeo é algo lindo, invejado por mim (que sou filha única). Ele foi o único que lá pro final do livro, deu uns toque na Eadlyn e fez com que ela se importasse mais com a Seleção, mais com o povo.

Posso dizer que já tenho um favorito, apesar de saber que ele não será o escolhido (sem querer vi em um site, argh que raiva) e ele em um momento do livro me lembrou o príncipe Albert, marido da rainha Victoria. Acho que foi por isso que elegi ele como meu escolhido.

Estou louca para ler "A Coroa" (nesse momento estou procurando o mais barato no buscapé) e finalmente saber o final da família Schreave!

Vou deixar aqui uma resenha do livro feita pelas meninas do "Pausa para um Capítulo", nossas parceiras aqui no blog e lá também tem resenha sobre os livros anteriores (a seleção, a elite e a escolha) e o próximo.

Espero que tenham gostado do post e não deixem de comentar aqui o que acharam!

Beijos! 

Anita.


You Might Also Like

0 comentários